quarta-feira, 11 de março de 2015

Resenha: Trono de Vidro

  9 comments    
categories: 
Nas sombrias e sujas minas de sal de Endovier, um jovem de 18 anos está cumprindo sua sentença. Celaena é uma assassina, e a melhor de Adarlan. Aprisionada e fraca, ela está quase perdendo as esperanças quando recebe uma proposta. Terá de volta sua liberdade se representar o príncipe de Adarlan em uma competição, lutando contra os mais habilidosos assassinos e larápios do reino. Endovier é uma sentença de morte, e cada duelo em Adarlan será para viver ou morrer. Mas se o preço é ser livre, ela está disposta a tudo.
Gente, aconteceu. Finalmente, um livro que eu consegui amar.

Trono de Vidro conta a história de Celaena Sardothien, a melhor assassina de Adarlan, que foi capturada e mandada para as minas de Endovier, uma prisão para os piores vilões. Até que o príncipe herdeiro, Dorian Halliviard, a escolhe como sua campeã para participar de uma competição para se tornar a assassina oficial do rei e, depois de alguns anos de serviço, finalmente ter sua liberdade.

Ouvi tanto sobre esse livro, e ainda assim estava insegura em lê-lo (mas, honestamente, eu ando relutante em ler qualquer livro que não seja uma escolha óbvia de aproveitamento.). Admito que o comprei por impulso. Sim, estava na lista de livros para 2015 , mas naquele momento, o interesse era nulo mesmo. Mas eu precisava de um livro, e ele estava em mãos. E, aleluia, não me arrependi de maneira alguma.

Tinha comentado em algum post passado que queria um livro que me fizesse sentir algo. Seja medo, alegria, tristeza, qualquer coisa, realmente. E não é incrível quando você espera o mínimo, e ganha o máximo? Senti tudo com esse livro. Tudo.

Celaena tem que ser um destaque no livro, não somente por ela ser a protagonista, mas por ser simplesmente uma personagem maravilhosamente bem construída, incrível, e diferente da maioria dos outros livros. Apesar de tudo que ela passa, ela supera. E a cada situação difícil, ela supera. Ela é forte, corajosa, e uma mulher incrível (adjetivo do dia: incrível). Já admiro esse tipo de pessoa na vida real, e ela me encantou completamente.

Os outros personagens também não decepcionam. Apesar de não gostar muito dela, achei que a princesa Nehemia trouxe um novo ponto de vista para o livro, além de, claro, ser uma das únicas companhias femininas de Celaena. Mesmo os vilões tinham bons motivos para serem vilões. E gostei que a autora trocava de ponto de vista as vezes, então pudemos ter a visão de diversos personagens, o que me deixou mais interessada na história.

Agora, sobre o triângulo amoroso. Sei que muita gente não gostou, mas, não joguem pedras, eu gostei bastante, viu? Achei que fez sentido, não foi forçado. Mesmo porque o romance não é o foco da história. Gosto de Dorian, apesar de ele ser o clichê príncipe-que-não-quer-ser-príncipe-e-tem-problemas-com-o-papai, achei que ele deixou uma atmosfera pesada mais leve. Já Chaol... Bom,antes de perguntarem sobre toda aquela coisa de team, já oficializo, sou Team Chaol. Apesar de não sabermos muito sobre ele, sinto que o relacionamento dele e Celaena é mais natural, foi melhor desenvolvido, e ainda tem muito que evoluir nos próximos livros. E eu gosto de relacionamentos que se desenvolvem (Percy&Annabeth, Rony&Hermione, Simon&Isabelle...).

Além de tudo isso, gostei demais do enredo. Toda a atmosfera de competição, me lembrou de Harry Potter e o Cálice de Fogo, o que foi legal. Pra mim, tudo fez sentido. tudo foi perfeitamente explicado e desenvolvido, ainda deixando um gancho para os próximos livros. A autora criou um universo diferente, e ainda há tanto o que se explorar, e eu estou feliz que essa série vai ter pelo menos cinco livros.


Tenho que dizer que uma das únicas coisas que me incomodou um pouco, foi a escrita. O livro é, sim, bem escrito. Inclusive marquei no livro uma das minhas cenas favoritas em que Celaena está tocando o piano e a autora faz uma descrição maravilhosa disso. Eu tocava piano, então apreciei muito ela não ter simplesmente dito "Ela começou a tocar o piano. Ponto". Porém, achei algumas falar um pouco bregas, além de a autora fazer muito uma coisa que não sei se tem um nome, ou um estilo certo, mas algo do tipo:

Ela abriu a porta e viu que estava destrancada. E lá dentro, ela viu. Ela viu... e era, era...

Uma espada reluzente, incrustada de pedras de rubi brilhando sob a luz do luar

Sabem o que eu quero dizer? Esse suspense óbvio me encomoda. Prefiro uma narrativa mais contínua, sem esse tipo de coisa, mas, claro, pode ser só eu.

Com relação a solução dos problemas, era tão óbvio que eu já tinha descartado, e por ser óbvio, quando descobri, fiquei surpresa.

Bom, gente, no todo, achei um livro muito bom mesmo. Até me dei alguns dias para ver se eu continuava pensando sobre a história, se eu continuava empolgada com o próximo livro, antes de comprá-lo. E já se passaram mais de dois dias, e finalmente me permiti encomendar Trono de Vidro - Coroa da Meia Noite.

Sites para compra: 

Saraiva
Submarino
Livraria Cultura


Recomendo à todos que gostam de um bom livro fantástico, de séries ou protagonistas fortes.
Vocês já leram? Comentem!
Beijos,

9 comentários:

  1. Já vi e li muitas vezes resenha sobre esse livro, nunca me chamou muito a atenção também, gostei muito da tua resenha, tanto que me despertou uma vontade de ler essa série, tô procurando ler coisas diferentes do que eu leio, porque to necessitando também de ler um livro sem expectativa e no final amar ele, sempre leio os livros com as expectativas lá em cima e no final me decepciono um pouco. E gostei do fato de ter triângulo amoroso, gosto desses livros que trás aquele mistério de com quem a personagem principal vai ficar no final.
    radioactivebookss.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adoro triângulo amoroso, quando é bem feito! Obrigada! Beijos, Jú

      Excluir
  2. TRONO DE VIDRO <3 Amo essa série, e Coroa da Meia-Noite é espetacular também! Fico sempre muito feliz quando vejo resenhas positivas, porque de verdade, quero ver a badass da Celaena estourando em filmes, parques temáticos e tudo que ela tem direito! hahaha
    Beijos!

    www.bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeira pessoa que eu conheço que já leu, vamos bater altos papos haha! Sim, ela tem direito a tudo isso! Beijos, Jú

      Excluir
  3. Oiiii, sempre me bateu uma ceta curiosidade para ler essa serie,sempre achei essas capas m belezinha,,kkkkk, adorei a sinopse, e sua resenha achei que ficou bem escrita em comparação a uma que eu vi em um blog..
    Bjks

    http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Amazing post! Your blog is so beautiful! I do really like it! You did a great job! I’ll be happy to hear you opinion about my blog!)

    Diana Cloudlet
    http://www.dianacloudlet.com/

    ResponderExcluir
  5. Júlia
    Amei sua resenha e o modo que você a conduziu, pois consegui me passar todas as suas impressões e acredite, me vendeu o livro. Já vou inclui-lo na minha lista de compras. Há, a capa também é linda.
    Abraços,
    Gisela
    @lerparadivertir
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir